Ações asiáticas sobem após China suspender "circuit breaker" e fortalecer iuan

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016 08:02 BRST
 

Por Nichola Saminather e Hideyuki Sano

CINGAPURA/TÓQUIO (Reuters) - As ações asiáticas se recuperaram nesta sexta-feira, lideradas pelos fortes ganhos das ações chinesas após a China suspender o sistema de "circuit breaker" do mercado e definir a taxa referencial do iuan mais alta pela primeira vez em nove dias.

A China anunciou na quinta-feira que suspendeu seu novo "circuit breaker" do mercado acionário, adotado apenas na segunda-feira, já que o sistema falhou em reduzir a volatilidade do mercado, com alguns players do mercado, inclusive, dizendo que ele teve efeito contrário.

O índice CSI300 das principais ações de Xangai e Shenzhen, subiu 2,04 por cento e o índice de Xangai teve ganho de 1,98 por cento.

Os ganhos das ações chinesas sustentaram o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, que às 7h58 (horário de Brasília) tinha alta de 0,34 por cento, devolvendo perdas vistas mais cedo na sessão.

O banco central chinês também ajudou a acalmar os mercados ao definir a taxa referencial do iuan mais alta contra o dólar.

A definição desta sexta feira do banco central é "um sinal de que não pretende continuar permitindo que o iuan caia", disse o estrategista de mercado global Yoshinori Shigemi do JPMorgan Asset Management.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,39 por cento, a 17.697 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,59 por cento, a 20.453 pontos.   Continuação...