Three Gorges capta US$1,2 bi para pagar compra de hidrelétricas no Brasil

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016 10:56 BRST
 

HONG KONG (Reuters) - A China Three Gorges levantou um empréstimo-ponte de 1,2 bilhão de dólares junto a dois bancos chineses para pagar parte de um bônus de 13,8 bilhões de reais cobrado pelo governo brasileiro, após a empresa arrematar em leilão a concessão de duas hidrelétricas no país, segundo uma fonte com conhecimento do assunto.

A estatal chinesa está estudando um pacote de refinanciamento para substituir o empréstimo-ponte futuramente, disse a fonte ao Thomson Reuters LPC, serviço de informações e análises do mercado global de crédito da Thomson Reuters.

O Banco Industrial e Comercial da China participou com 600 milhões de dólares, mesma quantia liberada pelo Banco de Desenvolvimento da China. O contrato foi assinado no final de dezembro.

Já o refinanciamento em substituição ao ponte pode contemplar empréstimos sindicalizados e títulos, segundo a fonte.

O Banco Santander e o ICBC devem obter mandato para um empréstimo de 1 bilhão de reais, como parte do pacote de refinanciamento, disse a fonte, que afirmou que a operação pode ter um prazo de cinco anos, sendo realizada no Brasil.

A Three Gorges venceu disputa em leilão pela concessão das usinas de Jupiá e Ilha Solteira, que já estão em operação e pertenciam à Cesp até o vencimento dos contratos de exploração, em 2015.

As usinas, com capacidade instalada que soma quase 5 mil megawatts, darão à Three Gorges uma receita anual de 2,38 bilhões de reais.

(Por Carol Zhong)