Pré-custeio da nova safra tem R$10 bi garantidos, diz Katia Abreu

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016 17:26 BRST
 

BRASÍLIA (Reuters) - O pré-custeio da safra agrícola 2016/17, que será plantada no país no segundo semestre deste ano, já tem 10 bilhões de reais garantidos junto ao Banco do Brasil, disse nesta sexta-feira a ministra da Agricultura, Katia Abreu, após uma reunião no Ministério da Fazenda, em Brasília.

Os recursos deverão sair da poupança rural e de depósitos à vista, disse a ministra.

A falta de recursos e atrasos na liberação nos bancos que operam linhas oficiais de crédito motivou fortes reclamações de agricultores no primeiro semestre de 2015 por causarem dificuldade nas compras antecipadas de insumos.

"O pré-custeio, o Banco do Brasil já nos garantiu. Nós estamos trabalhando desde o ano passado e o banco já tem 10 bilhões de reais da poupança rural e de depósito à vista... Isso, graças a Deus, está solucionado", afirmou a ministra a jornalistas.

No início de 2015, distribuidores de insumos agrícolas relatavam que havia uma "paralisação total" das vendas antecipadas de fertilizantes e defensivos para a safra 2015/16 no Centro-Oeste devido à falta de liberação de crédito pelo Banco do Brasil.

As dificuldades nos negócios no início do ano contribuíram para um mau desempenho do setor de fertilizantes em 2015, com indicativos de que o ano terminou com a primeira queda no volume de vendas desde 2009, segundo dados até novembro.

(Por Cesar Raizer)