Presidente da Cielo renuncia e aceita posto de diretor executivo no Bradesco

sexta-feira, 14 de outubro de 2016 08:45 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente da Cielo, Rômulo Dias, renunciou ao cargo na quinta-feira, informou nesta sexta-feira a empresa de tecnologia de pagamento eletrônico. O executivo, que estava no comando da Cielo desde 2008, vai assumir posição entre um dos diretores executivos do Bradesco, um dos controladores da empresa.

Na Cielo, Dias será substituído por Eduardo Campozana Gouveia, atual presidente da Alelo Brasil, com mandato começando em 2 de janeiro de 2017, segundo decisão do conselho de administração da Cielo divulgada nesta sexta-feira em comunicado ao mercado. A Alelo é empresa de cartões-benefício e pré-pagos que também tem o Bradesco como um de seus controladores.

A Cielo não informou os motivos para a renúncia de Dias, que vai conduzir o processo de transição até a posse de Gouveia.

Em comunicado separado à imprensa, o Bradesco afirmou que Dias já foi aprovado pelo conselho de administração do segundo maior banco privado do país e que aceitou convite para se tornar um dos diretores executivos da instituição.

"Temos pela frente um cenário intenso em desafios de mercado e a chegada de Rômulo Dias nos reforça os atributos em alcançá-los", afirmou o Bradesco no comunicado, citando a experiência e conhecimento do negócio bancário e de cartões do executivo.

(Por Alberto Alerigi Jr.)