Negociações de livre-comércio entre Mercosul e UE avançam e continuarão em março

sexta-feira, 14 de outubro de 2016 14:31 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - As negociações para chegar a um acordo de livre-comércio entre o Mercosul e a União Europeia (UE) avançaram nesta semana em Bruxelas e continuarão em março, em Buenos Aires, disse nesta sexta-feira o Ministério das Relações Exteriores da Argentina.

As chances de um acordo entre a UE e o Mercosul neste ano se intensificaram, em grande parte pela mudança para a centro-direita na Argentina e no Brasil, onde governos melhor vistos pelos mercados substituíram os anteriores de esquerda.

Após uma troca de ofertas em maio deste ano, os blocos fecharam nesta sexta-feira a primeira rodada de negociações completas desde 2012, em um novo sinal positivo no caminho para um acordo comercial histórico que poderia estar pronto em um ou dois anos.

"Os chefes de negociação expressaram sua satisfação com os resultados de uma reunião produtiva e construtiva que produziu avanços em um amplo conjunto de áreas", disse sem mais detalhes uma declaração conjunta entre os dois blocos, que foi distribuída pelo Ministério de Relações Exteriores da Argentina.

No entanto, ainda há alguns temas para se resolver, como a inclusão dos produtos agrícolas no acordo comercial, que estão entre os maiores produtos de exportação da América do Sul, mas que enfrentam resistência por parte de vários países europeus, liderados pela França.

O Brasil e a Argentina -as duas maiores economias que compõem o Mercosul-- acordaram neste mês em unir esforços para buscar um acordo entre o bloco sul-americano e a UE. Os blocos voltarão a se reunir formalmente em março do próximo ano, em uma nova rodada de negociações em Buenos Aires, disse o comunicado.

(Por Maximiliano Rizzi)