Florada de trigo na Argentina precisa de chuva durante o fim de semana

sexta-feira, 14 de outubro de 2016 20:16 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O cinturão agrícola dos Pampas na Argentina precisa de chuva durante este fim de semana para garantir uma forte florada do trigo e um início oportuno do plantio de soja, disseram especialistas locais nesta sexta-feira.

Cerca de um terço dos campos de trigo do país estão secos demais, enquanto partes no oeste dos Pampas se beneficiaram de fortes chuvas mais cedo neste mês, disse German Heinzenknecht, meteorologista na consultoria de clima CCA.

"É muito importante que chova neste fim de semana no leste das províncias de Buenos Aires e Entre Rios. Nós previmos chuvas essas áreas, mas não o suficiente para atender à demanda", disse ele.

Campos perto das cidades de Rojas e Salta, no norte da província de Buenos Aires, também carecem de umidade, disse Santiago del Solar, que produz trigo, milho e soja nessas áreas.

O agricultor afirmou que os campos sob sua administração no oeste da província de Buenos Aires receberam chuva suficiente.

"Nós precisamos que chova em Rojas e em Salto não só para a florada do trigo, mas também para o milho que plantamos há dez dias e para o plantio da soja, que começará na segunda-feira e na terça-feira, se tivermos umidade suficiente", disse Del Solar.

Apesar das preocupações, a Argentina não está sofrendo nem por enchentes nem por secas até agora nesta temporada. "Não estamos vendo nenhuma condição extrema", disse Emilce Terre, economista na Bolsa de Grãos de Rosário.

(Por Hugh Bronstein; reportagem adicional de Karl Plume, em Chicago)