Mercados chineses têm maior queda em 3 semanas

segunda-feira, 17 de outubro de 2016 07:34 BRST
 

XANGAI/TÓQUIO (Reuters) - Os mercados chineses tiveram a maior queda em três semanas nesta segunda-feira, com a confiança afetada pela queda nas ações B denominadas em dólar de Xangai, na medida que o iuan continuou a se enfraquecer.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, teve queda de 0,84 por cento. O índice de Xangai caiu 0,74 por cento.

Os índices encerram a manhã praticamente estáveis, mas começaram a recuar em seguida uma vez que o índice de ações B de Xangai caiu mais de 6 por cento.

As vendas de ações B aconteceram em meio a crescentes preocupações com o valor do iuan, que tocou nova mínima de seis anos contra o dólar nesta segunda-feira.

Ações B são papéis denominados em dólar em empresas chinesas, e portanto vulneráveis à depreciação do iuan.

O MSCI, principal índice da região asiática, também caiu após declarações da chair do Federal Reserve, Janet Yellen, que sinalizou a necessidade de medidas agressivas para reconstruir a economia norte-americana.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,64 por cento às 7:31.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,26 por cento, a 16.900 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,84 por cento, a 23.037 pontos.   Continuação...