Produção industrial nos EUA tem leve alta, pressionada por serviços públicos

segunda-feira, 17 de outubro de 2016 13:27 BRST
 

Por Lucia Mutikani

WASHINGTON (Reuters) - A produção industrial dos Estados Unidos teve ligeira alta em setembro uma vez que a recuperação da manufatura foi compensada pela queda em serviços públicos, sugerindo aceleração moderada no crescimento econômico do terceiro trimestre.

O Federal Reserve informou nesta segunda-feira que a produção industrial subiu 0,1 por cento no mês passado após queda de 0,5 por cento, em dado revisado para baixo.

Economistas consultados pela Reuters esperavam avanço de 0,1 por cento na produção industrial no mês passado, após queda informada antes de 0,4 por cento em agosto.

A produção industrial cresceu a uma taxa anual de 1,8 por cento no terceiro trimestre, o primeiro aumento trimestral desde o terceiro trimestre de 2015.

O relatório foi divulgado na sequência de dados na sexta-feira mostrando um ligeiro aumento no núcleo das vendas no varejo em setembro, o que levou o Fed de Atlanta a baixar a sua estimativa do Produto Interno Bruto do terceiro trimestre para abaixo de uma taxa anualizada de 2,0 por cento. A economia cresceu a um ritmo de 1,4 por cento no segundo trimestre.

O setor industrial continua sentindo os efeitos prolongados da alta do dólar e da queda nos preços do petróleo entre junho de 2014 e dezembro de 2015. O setor também foi afetado pelos esforços das empresas para reduzir o excesso de estoques.

Mas com a alta do dólar se enfraquecendo e os preços do petróleo se estabilizando, o pior da recessão industrial provavelmente já passou. Uma pesquisa no início deste mês mostrou aceleração na atividade industrial em setembro, e as novas encomendas de bens de capital fabricados têm aumentado desde junho.

(Reportagem de Lucia Mutikani)