Mercados da China recuam por preocupações com bolhas de ativos e eleições dos EUA

segunda-feira, 31 de outubro de 2016 07:39 BRST
 

CINGAPURA (Reuters) - Os mercados chineses recuaram nesta segunda-feira, com a confiança se enfraquecendo por alertas das principais autoridades sobre bolhas de ativos e incertezas em torno da eleição presidencial dos Estados Unidos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,1 por cento e o índice de Xangai teve queda de 0,09 por cento.

A China tem que "aderir a uma política monetária prudente e manter uma liquidez razoavelmente ampla, enquanto se concentra em controlar as bolhas de ativos e prevenir os riscos econômicos e financeiros", disse o presidente Xi Jinping na sexta-feira em uma reunião do Politburo, o principal órgão de decisão do Partido Comunista.

No restante da região, o índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,13 por cento às 7:35, após ter alcançado a mínima de seis meses.

Os investidores estavam agitados com a notícia de que o FBI planeja rever mais emails relacionados ao servidor privado da candidata presidencial democrata Hillary Clinton apenas uma semana antes da eleição.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,12 por cento, a 17.425 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,09 por cento, a 22.934 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,09 por cento, a 3.101 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,10 por cento, a 3.336 pontos.   Continuação...