Fibria vê demanda por celulose positiva, mas incerteza sobre novo reajuste de preços

segunda-feira, 31 de outubro de 2016 11:55 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Fibria FIBR3.SA avalia que a demanda por celulose está positiva, mas prefere aguardar mais tempo antes de se decidir por um novo reajuste nos preços do insumo necessário para a produção de papel, afirmou o presidente-executivo da companhia, Marcelo Castelli, nesta segunda-feira.

"Temos demanda alta e elevação de preços (...) Isso indica retomada. Mas achamos que a questão da oportunidade de mais um aumento de preço não está definida. Estamos fazendo leitura de mercado", disse o executivo em teleconferência com jornalistas.

A empresa anunciou no final de setembro um aumento de 20 dólares na tonelada vendida de celulose para a Ásia, mas, segundo Castelli, o aumento que entraria em vigor a partir de 1º de outubro ainda não foi totalmente implementado.

(Por Alberto Alerigi Jr.)