CPFL conclui compra da distribuidora de energia AES Sul por R$2,8 bi

segunda-feira, 31 de outubro de 2016 19:08 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A CPFL Energia concluiu nesta segunda-feira a aquisição da distribuidora de eletricidade AES Sul por cerca de 2,8 bilhões de reais, incluindo dívidas, afirmaram as empresas em comunicados ao mercado.

Com a transação, a CPFL passa a deter uma fatia de 14,3 por cento no mercado de distribuição de energia elétrica do país, no qual a companhia é líder em participação.

Ao assumir a operação da distribuidora, responsável pelo fornecimento em parte do Rio Grande do Sul, a CPFL irá alterar o nome da concessionária para RGE Sul, o que deverá levar 120 dias para ser implementado.

A CPFL afirmou também, sem detalhar, que pretende investir cerca de 1 bilhão de reais na modernização da rede elétrica da distribuidora gaúcha nos próximos anos.

A compra da AES Sul, fechada junto à norte-americana AES Corporation, envolveu um valor de 1,403 bilhão de reais e mais um adicional de 295,45 milhões de reais, referente a um aumento de capital que havia sido feito na elétrica pelos controladores.

O acordo inclui também a assunção de 1,1 bilhão de reais em dívidas da companhia pela CPFL, conforme anunciado em junho.

"O Grupo CPFL já negociou com instituições financeiras a captação de recursos para financiar a aquisição, que serão complementados com o dinheiro em caixa da companhia", afirmou a elétrica em nota.

A CPFL ressaltou que o preço de aquisição será ajustado em até 45 dias de acordo com variações de capital de giro e dívida líquida da distribuidora, responsável pelo fornecimento em 118 municípios da região centro-oeste do Rio Grande do Sul.

(Por Luciano Costa)