Índices ficam praticamente estável em meio a dúvidas sobre eleição nos EUA

segunda-feira, 31 de outubro de 2016 19:24 BRST
 

(Reuters) - Wall Street encerrou com pequenas variações nesta segunda-feira, com investidores digerindo os últimos resultados corporativos, assim como a mais recente reviravolta em uma tumultuada eleição presidencial nos Estados Unidos.

As ações foram impactadas pela revelação de que o FBI estava investigando mais emails como parte de uma investigação sobre o uso de um sistema de emails particular por Hillary Clinton, injetando novas incertezas sobre a presumida liderança da candidata democrata na eleição presidencial em relação ao rival republicano Donald Trump.

"Eu não estaria surpreso se visse mais disso na próxima semana, que está se encaminhando para a eleição, em que você não tem investidores com fortes convicções em basicamente nada e apenas esperando para ver", disse o presidente-executivo da Horizon Investment Services, Chuck Carlson.

O índice Dow Jones caiu 0,1 por cento, para 18.142 pontos, o S&P 500 recuou 0,01 por cento, para 2.126 pontos e o Nasdaq Composite teve queda de 0,02 por cento, para 5.189 pontos.

No acumulado de outubro, S&P 500 caiu 1,9 por cento, o terceiro mês consecutivo de perdas e pior desempenho mensal desde janeiro.

Encerrando um grande mês para aquisições, a General Eletric, componente do Dow, caiu 0,4 por cento após o conglomerado industrial dizer que uniria seu negócio de petróleo e gás à fornecedora de serviços petroleiros Baker Hughes. As ações da Baker Hughes recuraram 6,3 por cento.

Por Lewis Krauskopf