Receio com eleição nos EUA pesa e Ibovespa cai 2,46%

terça-feira, 1 de novembro de 2016 18:48 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Bovespa cedeu ao mau humor externo nesta terça-feira, em meio ao aumento dos temores com o cenário eleitoral norte-americano, registrando a maior queda em mais de um mês.

O Ibovespa caiu 2,46 por cento, a 63.326 pontos, após ter subido 0,56 por cento no melhor momento da sessão. A queda foi a maior desde 13 de setembro (-3,01 por cento).

O giro financeiro no pregão foi de 9,6 bilhões de reais, acima da média para o ano, de 7,15 bilhões de reais.

O mau humor no pregão ganhou força pelo fato de ser véspera de feriado nacional, no dia da reunião de política monetária do Federal Reserve. Com a alta de 11,2 por cento do Ibovespa em outubro, investidores preferiram realizar lucros.

Wall Street também ampliou as perdas, em meio a preocupações com o avanço do republicano Donald Trump nas pesquisas para a eleição dos EUA. O S&P 500 caiu 0,68 por cento.

Pesquisa ABC/Washington Post divulgada nesta terça-feira mostrou Trump 1 ponto percentual à frente da democrata Hillary Clinton na corrida à presidência do país.

DESTAQUES

- ITAÚ UNIBANCO caiu 2,9 por cento, após alta de 3,5 por cento na véspera, na esteira de dados trimestrais. BRADESCO PN recuou 2,93 por cento e BANCO DO BRASIL perdeu 4,6 por cento.   Continuação...