BNDES está aberto a alternativas para JBS, diz Maria Silvia

quinta-feira, 3 de novembro de 2016 18:05 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Maria Silvia Bastos Marques, disse nesta quinta-feira que o banco está aberto a discutir alternativas para a JBS, mas que aguarda iniciativa da empresa.

Na semana passada, A BNDESPar, braço de participações do BNDES e que detém 20,36 por cento da JBS vetou a reorganização global da empresa, surpreendendo o mercado.

"A empresa é que tem que querer discutir novas alternativas", disse a executiva a jornalistas após evento. "Não vamos tomar iniciativa. Se a empresa quiser discutir novas alternativas nós estamos super abertos a isso, mas sempre olhando o interesse da empresa."

CONCESSÕES E SANEAMENTO

Maria Silvia adiantou que os desembolsos do banco devem encerrar 2016 em torno de 100 bilhões de reais, contra 135,9 bilhões no ano passado refletindo a recessão do país, mas devem voltar a crescer no primeiro trimestre de 2017.

Até setembro, os empréstimos do banco somaram 62,2 bilhões de reais, queda de 34 por cento ante igual período de 2015.

"Os números traduzem a economia e não tem como fazer mágica", disse Maria Silvia, frisando que até o fim do ano o banco vai divulgar uma nova política operacional, que tende a ser mais simples e ágil.

A executiva previu que cerca de dois terços dos Estados brasileiros vão aderir ao programa de concessão em saneamento liderado pelo banco. As adesões serão divulgadas na sexta-feira.   Continuação...

 
Presidente do BNDES, Maria Silvia Bastos, participa de fórum político e econômico em São Paulo, Brasil 
30/09/2016 REUTERS/Paulo Whitaker