Com regularização, Brasil tem fluxo cambial positivo de US$8,79 bi em outubro, até o dia 28

quinta-feira, 3 de novembro de 2016 12:55 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O fluxo cambial, saldo de entrada e saída de moeda estrangeira do país, estava positivo em 8,792 bilhões de dólares em outubro até o dia 28, praticamente o superávit visto em 2015 inteiro, resultado inflado sobretudo pela entrada sólida de recursos por conta do programa de regularização de ativos brasileiros no exterior.

O Banco Central informou nesta quinta-feira que a conta financeira --por onde passam investimentos diretos, em portfólio e outros-- mostrou superávit de 6,204 bilhões de dólares. Comparando com resultados mensais, trata-se da melhor cifra desde abril de 2015, quando o saldo positivo foi de 9,995 bilhões de dólares.

Em 2015 todo, o fluxo cambial do país havia ficado positivo em 9,414 bilhões de dólares.

Na terça-feira, o BC informou que havia registrado o ingresso no país de 10 bilhões de dólares com o programa de regularização de recursos no exterior, por meio de 10.194 contratos de câmbio.

Ao todo, o governo arrecadou 50,9 bilhões de reais em multas e impostos com o programa, cujo prazo de adesão acabou no último dia 31, valor que ajudará no resultado fiscal neste ano. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, admitiu a possibilidade de uma segunda rodada do programa.

Ainda segundo o BC, a conta comercial apresentou saldo positivo de 2,588 bilhões dólares em outubro até o dia 28.

Apenas na semana passada, o fluxo cambial ficou positivo em 6,261 bilhões de dólares. No acumulado do ano até o dia 28 de outubro, o fluxo estava negativo em 6,969 bilhões de dólares, comparado ao superávit de 8,053 bilhões de dólares no mesmo período do ano anterior.

(Por Patrícia Duarte; Edição de Luiz Guilherme Gerbelli)