Sequência de perdas do S&P 500 chega a 8 dias com recuo das ações do Facebook

quinta-feira, 3 de novembro de 2016 19:21 BRST
 

(Reuters) - O S&P 500 caiu pela oitava sessão consecutiva nesta quinta-feira, sua maior sequência de perdas desde a crise financeira de 2008, com as ações do Facebook pressionando e investidores lidando com a incerteza sobre a eleição presidencial dos Estados Unidos na próxima semana.

As ações do Facebook caíram 5,7 por cento, com a maior rede social do mundo alertando que o crescimento de receita vai desacelerar neste trimestre.

A ação foi a principal queda no S&P 500, assim como na Nasdaq, voltada à tecnologia, que também registrou o oitavo dia consecutivo de perdas.

Os investidores estão nervosos com os sinais de que a corrida presidencial dos EUA entre a democrata Hillary Clinton e o republicano Donald Trump está se acirrando, após todos acharem que Hillary tinha uma vantagem clara até pouco tempo atrás.

O S&P 500 recuou 0,44 por cento, para 2.088 pontos e o Nasdaq Composite perdeu 0,92 por cento, para 5.058 pontos. O índice Dow Jones, que não inclui o Facebook entre seus componentes, recuou 0,16 por cento, para 17.930 pontos.

(Por Chuck Mikolajczak e Tanya Agrawal)