China avança com reforma tributária do setor imobiliário, diz ministro das Finanças

sexta-feira, 4 de novembro de 2016 09:32 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A China está avançando ativamente com reformas nos impostos imobiliários à medida que reforma seu sistema fiscal, disse o ministro das Finanças, Lou Jiwei, em declarações escritas em um fórum sobre política fiscal em Pequim, nesta sexta-feira.

A China adotou um imposto anual para imóveis residenciais em algumas casas em Xangai e Chongqing em 2011, mas não foi expandido desde então. Qualquer avanço na expansão do imposto seria um grande progresso no mercado imobiliário aquecido da China, onde os preços subiram mais de 30 por cento na base anual em muitas cidades importantes.

A falta de qualquer imposto anual para pagar significa que faz mais sentido para os investidores deixar as casas vazias ao invés de prejudicar seus valores de revenda alugando-as, desde que os preços continuem a subir.

Os impostos anuais em Xangai são de menos de 1 por cento do preço de compra da casa. Isso se compara a um aumento de 32,7 por cento nos preços das casas em Xangai em setembro na comparação anual, de acordo com dados oficiais.

(Por Shen Yan e Elias Glenn)