Produção e exportação de café da Colômbia têm recuperação em outubro

sexta-feira, 4 de novembro de 2016 14:48 BRST
 

BOGOTÁ (Reuters) - A produção colombiana de café subiu cerca de 2 por cento em outubro, encerrando quatro meses consecutivos de quedas como consequência do impacto do fenômeno climático El Niño e de uma greve de caminhoneiros, informou a Federação Nacional de Cafeicultores nesta sexta-feira.

Em outubro, a produção alcançou 1,39 milhão de sacas de 60 kg, ante 1,36 milhão de sacas no mesmo mês de 2015.

Enquanto isso, as exportações colombianas de café subiram 6,4 por cento durante o mês analisado, para 1,24 milhão de sacas.

Entre janeiro e outubro, a produção caiu 1 por cento ante o mesmo período de 2015, para 11,2 milhões de sacas. No entanto, nos últimos doze meses até outubro, a colheita alcançou pouco mais de 14 milhões de sacas, cerca de 3 por cento a mais do que no mesmo período anterior.

Enquanto isso, as exportações superaram 10 milhões de sacas entre janeiro e outubro, 3 por cento abaixo do mesmo período de 2015. Nos últimos 12 meses, as exportações alcançaram os 12,3 milhões de sacas de 60 kg, uma redução de 0,7 por cento ante o mesmo período anterior.

A Colômbia, conhecida por seus cafés suaves e de alta qualidade, registrou em 2015 uma colheita de 14,1 milhões de sacas, o nível mais alto nos últimos 23 anos, que representou um crescimento anual de 17 por cento.

(Por Luis Jaime Acosta)