Volkswagen quer plataforma modular nas próximas duas gerações de automóveis

sábado, 5 de novembro de 2016 15:01 BRST
 

FRANKFURT (Reuters) - A Volkswagen quer usar sua plataforma modular MQB nas próximas duas gerações de automóveis, criando substancial economia nos custos de produção, disse o diretor de marca VW, Herbert Diess.

"Nos últimos meses, trabalhamos nessa questão do custo do MQB e avançamos de forma significativa", disse Diess ao jornal alemão Boersen-Zeitung em entrevista publicada neste sábado.

O grupo Volkswagen está cortando investimentos na marca Volkswagen (VW) e avançando no desenvolvimento de veículos elétricos enquanto lida com a repercussão do caso das fraudes em emissões de diesel.

A plataforma MQB, que será a base da maioria dos carros pequenos e médios com tração dianteira, usa um grande número de peças em comum em todos os modelos e marcas, permitindo que os veículos sejam montados mais rapidamente e a custos menores. 

"O MQB tem materiais altamente técnicos, então poderemos usá-lo para as duas próximas gerações de veículos sem grandes acréscimos de investimentos", disse Diess ao Boersen-Zeitung.

A Volkswagen disse que pretende aumentar o número de carros com plataforma MQB para 7 milhões em 2018. Em 2014, esse número foi de 2 milhões.

(Por Maria Sheahan)