Top-5 do Focus passa a ver corte de 0,25 p.p. na última reunião do ano e Selic a 13,75%

segunda-feira, 7 de novembro de 2016 09:44 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - Os economistas de instituições financeiras mantiveram a expectativa de corte de 0,50 ponto percentual na taxa básica de juros na última reunião deste ano do Banco Central, porém as instituições que mais acertam as projeções passaram a ver uma redução menor.

Assim, a estimativa geral apresentada pela pesquisa Focus do BC nesta segunda-feira é de que o Comitê de Política Monetária (Copom) baixe a Selic a 13,50 por cento em 29 e 30 de novembro.

Entretanto o Top-5, com os economistas que mais acertam as previsões, estima agora um corte de 0,25 ponto, e não mais de 0,50 ponto, com a Selic terminando o ano a 13,75 por cento.

Depois de reduzir a taxa básica de juros no mês passado a 14 por cento, o BC adotou um tom mais duro em relação ao processo de corte dos juros básicos, ressaltando que é preciso ter "persistência maior" na sua política.

Para 2017 o levantamento continua apontando a taxa a 10,75 por cento, com o Top-5 mantendo a projeção em 11,25 por cento.

A pesquisa do BC mostrou ainda que a projeção para a alta do IPCA este ano permaneceu em 6,88 por cento, porém para 2017 a estimativa se aproximou ainda mais do centro da meta, de 4,5 por cento, ao cair 0,06 ponto percentual, para 4,94 por cento.

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), a expectativa para 2016 é de retração de 3,31 por cento, sobre queda de 3,30 por cento antes. Para 2017 a expansão esperada diminuiu ligeiramente a 1,20 por cento, ante 1,21 por cento.

(Por Camila Moreira)

 
Logo do Banco Central visto na sede, em Brasília.      15/01/2014       REUTERS/Ueslei Marcelino