BC da Itália diz que BCE está avaliando prorrogar compra de ativos, e não reduzí-la

segunda-feira, 7 de novembro de 2016 10:42 BRST
 

ROMA (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) não está avaliando a possibilidade de reduzir seu programa de compra de títulos, conhecido como "quantitative easing", mas sim examinando até onde pode prorrogá-lo após o prazo de março de 2017, disse o banco central da Itália nesta segunda-feira.

O membro do conselho executivo do Banco da Itália Luigi Signorini foi questionado durante depoimento ao Parlamento se o BCE estava ponderando como diminuir o afrouxamento quantitativo.

"Não há perspectiva disso", respondeu Signorini. "A questão é o quanto prorrogar os limites que foram dados."

Diante da inflação persistentemente baixa, a expectativa é de que o BCE decida em dezembro se vai prorrogar suas compras de ativos de 80 bilhões de euros por mês para além de março, tendo que equilibrar custos em queda com os efeitos colaterais crescentes.

(Por Giuseppe Fonte)