Ryanair eleva em 10% projeção de crescimento de passageiros até 2024

segunda-feira, 7 de novembro de 2016 11:57 BRST
 

DUBLIN (Reuters) - A companhia aérea de baixo custo Ryanair elevou em 10 por cento sua projeção de crescimento do número de passageiros no longo prazo para 200 milhões por ano até 2024, e afirmou que planeja se beneficiar da intensa concorrência de tarifas num momento em que rivais de alto custo se recusam a baixar os preços.

A Ryanair também anunciou que devolverá aos acionistas um valor adicional de 550 milhões de euros até fevereiro por meio da recompra de ações, medida que ajudará a companhia a elevar em 6 por cento os preços das ações.

No mês passado, a empresa cortou em 5 por cento a estimativa do lucro no ano fiscal encerrado em março devido à fraqueza da libra esterlina e ao valor médio mais baixo das tarifas, mas ainda espera se sair melhor que a maioria de seus concorrentes, elevando em 7 por cento o lucro no período.

Com a menor base de custos na indústria e uma estratégia de preencher as aeronaves independentemente das tarifas praticadas, a companhia se considera em posição única para aproveitar as atuais tarifas baixas e ampliar a participação de mercado.

"A segunda metade do ano será difícil em um ambiente de preços mais fracos, mas nós esperamos que, com uma enorme vantagem de custo em relação a todas as outras empresas na Europa, a Ryanair esteja posicionada para continuar crescendo fortemente", disse o presidente executivo do grupo, Michael O'Leary.

A Ryanair planeja ampliar a capacidade em 13 por cento nos próximos meses em relação ao crescimento médio do setor de cerca de 9 por cento --nível mais alto em uma década.

(Por Conor Humphries)