Cofco Agri vê maior produção de açúcar da China; mais vendas de estoques

segunda-feira, 7 de novembro de 2016 15:25 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A processadora de alimentos e operadora de commodities chinesa Cofco Agri projeta que a China vai produzir mais açúcar na safra 2016/17 do que na temporada anterior e disse que é provável que o governo venda mais açúcar de seus estoques.

Mauricio Sacramento, chefe de trading de açúcar da Cofco, disse durante apresentação no seminário internacional de açúcar em São Paulo que a produção de açúcar da China na safra 2016/17 poderia alcançar 9,21 milhões de toneladas, ante 8,66 milhões de toneladas na safra anterior.

Ele vê o consumo total chinês pouco alterado em 15,4 milhões de toneladas em 2016/17, deixando que a diferença seja preenchida por importações ou estoques públicos.

"O governo já liberou 520 mil toneladas dos estoques, então as importações devem cair para cerca de 5,7 milhões de toneladas por enquanto", disse Sacramento.

O operador acredita que o governo chinês vai vender mais de seus estoques, os quais ele estimou em cerca de 7 milhões de toneladas, após receber valores favoráveis em vendas recentes.

Mas Sacramento não vê uma mudança no curto prazo nas importações chinesas de açúcar.

"A China vai continuar sendo uma grande importadora de açúcar nos próximos anos. A atual situação não vai mudar muito", disse ele, apesar de uma investigação em andamento pelo governo chinês sobre importações consideradas excessivas.

(Por Marcelo Teixeira)