ArcelorMittal vê 4º tri mais fraco com margens pressionadas por queda do aço nos EUA

terça-feira, 8 de novembro de 2016 07:13 BRST
 

BRUXELAS (Reuters) - A ArcelorMittal, maior siderúrgica do mundo, avalia que o resultado do quarto trimestre deve ser mais fraco citando preços mais elevados do carvão e pela desvalorização do aço nos Estados Unidos.

Apesar disso, a companhia elevou a projeção para o capital de giro para 1 bilhão de dólares, de 500 milhões de dólares, prevendo um fluxo de caixa positivo no ano. A ArcelorMittal também melhorou a perspectiva para o mercado chinês, citando crescimento do consumo de aço.

A empresa disse que os preços médios do aço subiram 7,4 por cento no trimestre, impulsionados principalmente por América do Norte, Brasil e Europa.

(Por Robert-Jan Bartunek)