Lentidão nas vendas da nova safra de soja aperta margens de tradings no Brasil

terça-feira, 8 de novembro de 2016 15:26 BRST
 

Por Gustavo Bonato

SÃO PAULO (Reuters) - A relutância dos produtores brasileiros em vender antecipadamente soja da safra 2016/17, que será colhida no início do ano que vem, tem causado prejuízos para tradings que operam no país e elevado o nível de incertezas sobre as exportações da nova temporada.

Na avaliação de executivos das tradings, os negócios que estão sendo realizados --mesmo que em pequeno volume-- ocorrem com margens apertadas ou negativas em ambiente de preços pressionados, já que as empresas se obrigam a pagar valores muito próximos do que vão obter com as exportações futuras.

"O preço (de exportação futura) não está atingindo os preços dos produtores", disse o diretor de uma trading asiática que atua no Brasil, que pediu para não ser identificado.

Os preços da soja no mercado local têm sido pressionados pela entrada de uma grande safra nos Estados Unidos, maior produtor global, e pela perspectiva de uma colheita recorde no Brasil, além de um câmbio bem menos favorável do que o registrado desde meados do ano passado, que havia garantido excelentes margens aos produtores em 2015/16.

Nessa conjuntura, os negócios antecipados de soja da safra 2016/17 estão avançando lentamente, atingindo cerca de um quarto da colheita total esperada até o início deste mês, ante cerca de 40 por cento do total fixado para a safra passada nesta mesma época, segundo especialistas.

De acordo com o diretor da trading, alguns negócios acabam ocorrendo porque as empresas já têm compromissos assumidos.

"As tradings têm compromissos de 'take or pay', de armazenamento, de estrutura de logística que fecham com antecedência", destacou o executivo.

Na região de Sinop, no norte de Mato Grosso, por exemplo, produtores têm pedido entre 64 e 65 reais por saca de soja com entrega no início da safra, enquanto tradings oferecem 59 a 60 reais por saca, o que paralisa amplamente as negociações.   Continuação...