Gerdau tem queda de 50,8% no lucro ajustado do 3º trimestre e reduz investimento para 2017

quarta-feira, 9 de novembro de 2016 09:29 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo siderúrgico Gerdau divulgou nesta quarta-feira queda de 50,8 por cento no lucro líquido ajustado do terceiro trimestre, a 95 milhões de reais, afetado por recuo de vendas e preços menores.

A companhia também afirmou que estima investir 1,4 bilhão de reais em 2017 ante expectativa de 1,5 bilhão em 2016.

A maior produtora de aços longos das Américas apurou geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado de 1,2 bilhão de reais, 7 por cento abaixo do obtido no mesmo período do ano passado.

A receita líquida recuou 27,1 por cento no período, a 8,669 bilhões de reais, mas os custos das vendas tiveram queda de 28,6 por cento, a 7,652 bilhões de reais.

A Gerdau produziu 3,894 milhões de toneladas de aço bruto de julho a setembro, volume 7,3 por cento menor que o produzido no terceiro trimestre de 2015 e 9,5 por cento abaixo do registrado no segundo trimestre deste ano.

A performance foi atingida em parte por redução de vendas na América do Norte, unidade que gera cerca de um terço do Ebitda da Gerdau.

As vendas de aço na região que abrange Canadá, Estados Unidos e México e não inclui operações com aços especiais, caíram 17,5 por cento em volume, a 1,37 milhão de toneladas, impactadas por "forte competição dos importados na região e menor atividade industrial, além do momento de cautela quanto a definição do cenário político".

Com isso, a receita líquida da Gerdau na América do Norte caiu 28,2 por cento em reais, a 3,47 bilhões de dólares e o Ebitda teve queda de 47,2 por cento.

No Brasil, a companhia seguiu sofrendo com cenário recessivo, com recuo de 23,5 por cento nas vendas de aço, a 1,48 milhão de toneladas. As exportações recuaram quase 32 por cento diante de um câmbio menos favorável e as vendas no mercado interno tiveram queda de 17,7 por cento.   Continuação...