Minério de ferro e aço disparam na China para máximas desde 2014

quarta-feira, 9 de novembro de 2016 11:46 BRST
 

MANILA (Reuters) - Os contratos futuros do aço e do minério de ferro dispararam na China nesta quarta-feira em pelo menos 5 por cento e atingiram máximas de vários anos, sustentados por uma alta do carvão e sinais de uma retomada da segunda maior economia do mundo.

Os preços ao produtor na China subiram 1,2 por cento ante o ano anterior, o ritmo mais rápido desde dezembro de 2011, depois de terem apresentado leve alta em setembro pela primeira vez em quase cinco anos, informou nesta quarta-feira a Agência Nacional de Estatísticas.

O vergalhão de aço subiu subiu 5,3 por cento na bolsa de Xangai, para 3.015 iuanes por tonelada, após tocar máxima da sessão a 3.030 iuanes, maior patamar desde agosto de 2014.

Com a força das cotações do aço, o minério de ferro com entrega em janeiro na bolsa de Dalian subiu 6 por cento, no limite de alta estabelecido pela bolsa, para fechar em 551,50 iuanes (81 dólares) por tonelada, maior valor desde maio de 2014.

O apetite também foi forte no mercado físico de minério de ferro, onde o preço de referência no porto de Tianjin, com 62 por cento de teor de ferro, saltou 4,7 por cento, para 71 dólares por tonelada, maior cotação desde janeiro de 2015, segundo o The Steel Index.

"O minério de ferro importado de alta concentração continua a atrair um prêmio no mercado já que compradores tentam minimizar sua exposição ao alto custo do carvão de coque", disse o analista Vivek Dhar, do Commonwealth Bank of Australia.

(Por Manolo Serapio Jr.)