Ações europeias sobem com forte reversão após a vitória do Trump

quarta-feira, 9 de novembro de 2016 16:44 BRST
 

(Reuters) - As ações europeias subiram nesta quarta-feira após a surpresa da vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais dos Estados Unidos, com forte reversão ao longo do dia impulsionada pelos ganhos, entre outros, das ações do setor financeiro.

O índice pan-europeu chegou a cair 2,4 por cento no início da sessão por causa da incerteza sobre as posições políticas de Trump, mas se recuperou progressivamente para terminar o dia em alta de 1,5 por cento, a 339,8 pontos, o maior nível de fechamento desde 31 de outubro. O índice FTSEurofirst 300 avançou 1,60 por cento, a 1.343 pontos.

Com o mercado operando em baixa, os investidores citaram o discurso conciliatório de Trump ao ser confirmado como vitorioso da eleição e mais tarde, ao longo da sessão, focaram nos planos do republicano para impulsionar gastos em infraestrutura e cortar o impostos das empresas.

O índice de recursos básicos teve a maior alta setorial, subindo 6,6 por cento, impulsionado pelo salto de 7 a 11 por cento nas ações da Fresnillo, Antofagasta e Glencore.

Os papeis de saúde subiram 4,6 por cento como uma recuperação após as recentes perdas com alívio de que Hillary Clinton, candidata democrata derrotada na eleição dos EUA, poderia impor regulação mais apertada sobre os preços.

O índice bancário também avançou, refletindo os ganhos em seus pares dos EUA e as expectativas de que o Federal Reserve, banco central norte-americano, ainda deve subir a taxa de juros em dezembro, medida que poderia aliviar a pressão sobre as margens dos bancos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1 por cento, a 6.911 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,56 por cento, a 10.646 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 1,49 por cento, a 4.543 pontos.   Continuação...