Vendas de imóveis residenciais novos na capital paulista crescem 23% em setembro

quinta-feira, 10 de novembro de 2016 07:33 BRST
 

Por Gabriela Mello

SÃO PAULO (Reuters) - As vendas de imóveis residenciais novos na capital paulista em setembro cresceram 23,3 por cento ante o mesmo período de 2015, para 1.717 unidades, no segundo melhor desempenho do ano e reforçando expectativas de melhora na conjuntura econômica do país, informou nesta terça-feira o Secovi-SP.

Na comparação com agosto, a alta nas vendas foi de 59,3 por cento.

Além do crescimento nas vendas, os lançamentos em setembro tiveram forte alta na comparação anual, avançando quase 67 por cento, para 2.165 unidades. Sobre agosto, o volume lançado teve expansão de cerca de 84 por cento.

Segundo os dados da entidade, de janeiro a setembro, foram negociados 10,8 mil imóveis na capital, ante 13,7 mil nos nove primeiros meses de 2015. Já os lançamentos acumularam 10,2 mil unidades ante 14,1 mil nos nove primeiros meses de 2015.

A pesquisa mostrou ainda que imóveis de dois dormitórios foram a preferência em setembro, com 940 vendas e 1.104 lançamentos. Além disso, unidades com valor entre 225 mil e 500 mil reais lideraram tanto as vendas quanto os lançamentos no período, com 789 e 1.175 unidades, respectivamente.

"Apesar dos resultados positivos, não classificamos a melhora como reação", afirmou Celso Petrucci, economista-chefe do Secovi-SP, destacando que os números acumulados no ano até setembro ainda são menores em relação aos níveis de 2015.

(Por Gabriela Mello)