Conclusão de linhas abandonadas por Abengoa deve exigir R$8 bi, diz governo

quinta-feira, 10 de novembro de 2016 11:12 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A conclusão das obras de uma série de linhas de transmissão de eletricidade abandonadas pela espanhola Abengoa no final do ano passado, após uma crise financeira da empresa, deverá demandar cerca de 8 bilhões de reais em investimentos, afirmou nesta quinta-feira o secretário de Planejamento do Ministério de Minas e Energia, Eduardo Azevedo, ao participar de evento do setor em São Paulo.

O secretário disse que o governo prevê realizar no primeiro semestre de 2017 a relicitação desses ativos, para que novas empresas assumam a responsabilidade pelas linhas, que somam cerca de 6 mil quilômetros em extensão.

(Por Luciano Costa)