Braskem vê retomada de demanda no Brasil, aguarda políticas de Trump sobre México

quinta-feira, 10 de novembro de 2016 15:35 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Braskem está vendo um processo de reestocagem de produtos petroquímicos em seus clientes no Brasil, o que indica uma retomada concreta da demanda em alguns setores da economia, afirmou nesta quinta-feira o presidente da companhia, Fernando Musa.

O executivo comentou ainda que a empresa está aguardando uma "tradução da retórica eleitoral (nos Estados Unidos) para uma realidade de governo" antes de tomar eventuais medidas que envolvam a sua fábrica recém inaugurada no México.

"De modo geral, nossa expectativa é que a economia mexicana e a nossa capacidade de colocar produtos em outras regiões, caso nos EUA isso não seja possível, garantam que possamos colocar a produção mexicana de forma competitiva e rentável, independente das barreiras (comerciais)", disse Musa durante teleconferência com analistas.

(Por Alberto Alerigi Jr.)