Cyrela tem queda de quase 90% no lucro do 3o tri, para R$14 mi

quinta-feira, 10 de novembro de 2016 18:50 BRST
 

Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) - A Cyrela informou nesta quinta-feira que teve lucro líquido de 14 milhões de reais no terceiro trimestre, queda de quase 90 por cento em relação ao resultado obtido no mesmo período de 2015.

De acordo com a construtora e incorporadora, o resultado foi pressionado pelo recuo nas vendas líquidas, afetadas pelo alto volume de distratos. De julho a setembro, a receita líquida da empresa recuou 27,5 por cento na comparação anual, para 825 milhões de reais.

A empresa apurou geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 69 milhões de reais, declínio de 68 por cento ante o registrado um ano antes. A margem Ebitda caiu 10,5 pontos percentuais, para 8,3 por cento.

As vendas totais contratadas da Cyrela no trimestre somaram 573 milhões de reais, queda de 43,2 por cento sobre um ano antes.

Já o Valor Geral de Vendas (VGV) dos lançamentos caiu para 452 milhões de reais, ante 610 milhões de reais no terceiro trimestre de 2015.

As despesas gerais e administrativas do trimestre atingiram 113 milhões de reais no trimestre, recuo de 1,8 por cento sobre um ano antes.

As despesas financeiras também recuaram, para 54 milhões de reais nos três meses até setembro, contra 87 milhões de reais no mesmo período de 2015.

A construtora reportou queima de caixa de 225 milhões de reais entre julho e setembro, ante geração de 219 milhões de reais em caixa em igual período do ano anterior.

A dívida líquida da empresa atingiu 1,85 bilhão de reais, alta de 13,5 por cento sobre o segundo trimestre.