China atinge meta de cortes de capacidade de produção de aço, diz governo

sexta-feira, 11 de novembro de 2016 11:58 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A China avançou no seu cronograma para cortar 45 milhões de toneladas em capacidade de produção de aço em 2016, tendo alcançado o objetivo antes do fim de outubro, disse o órgão de planejamento econômico estatal nesta sexta-feira.

A China também espera alcançar um corte de 250 milhões de toneladas na capacidade de produção de carvão antes do fim do ano, disse o secretário-geral da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, Li Pumin, em uma conferência de imprensa.

A China planeja eliminar de 100 milhões a 150 milhões de toneladas de capacidade anual de produção de aço ao longo dos próximos cinco anos, em um momento em que o setor sofre com o excesso de capacidade.

Contudo, os cortes de capacidade de aço tiveram pouco efeito para controlar a produção, e a Europa e os Estados Unidos têm acusado a China de despejar seu excesso de aço no mercado internacional, prejudicando outros produtores e derrubando os preços globais.

Já os preços do carvão térmico vêm atingindo picos sucessivos nas últimas semanas depois dos fechamentos ordenados de capacidade pelo governo mais cedo neste ano terem apertado a oferta para usinas termelétricas.

Li disse que a China irá equilibrar a oferta de carvão e a demanda para assegurar preços estáveis.

(Por Kevin Yao)