Dinamarca exige que frangos sejam isolados por ameaça de gripe aviária; Alemanha pode seguir

segunda-feira, 14 de novembro de 2016 16:09 BRST
 

COPENHAGUE/HAMBURGO (Reuters) - A Dinamarca ordenou que criadores de frangos mantenham seus animais em ambientes fechados após gripe aviária ter sido encontrada em aves selvagens, disse o ministério de Alimentos e Meio Ambiente do país nórdico nesta segunda-feira.

A ordem vai valer a partir de meia-noite, disse o ministério, e exclui patos, gansos e aves selvagens.

Diversos países europeus, incluindo Alemanha e Suíça no sábado, bem como Áustria, Polônia, Holanda e Croácia, reportaram surtos de uma variedade severa de gripe aviária.

Na última semana, autoridades dinamarquesas ordenaram que uma granja destruísse mais de 250 mil ovos importados da Alemanha que continham o vírus H5N8 de alta patogenicidade.

O ministro da Agricultura alemão, Christian Schmidt, disse mais cedo nesta segunda-feira que avalia exigir que seus produtores de frango mantenham suas aves em locais fechados e que irá realizar consultas com outros países, incluindo Holanda, Polônia e Dinamarca.

Se a doença continuar a mostrar sinais de propagação, a Alemanha pode seguir adiante sozinha e decretar uma ordem de bloqueio para aves, disse Schmidt.

(Por Jacob Gronholt-Pedersen, Sabine Siebold e Hans-Edzard Busemann)