BC aumenta intervenção no mercado de câmbio na 4ª feira

segunda-feira, 14 de novembro de 2016 19:15 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Central anunciou na noite desta segunda-feira que vai aumentar a intervenção no mercado de câmbio na quarta-feira e passar a oferecer mais contratos de swaps cambiais tradicionais, o equivalente a venda de dólares no mercado futuro.

Na quarta-feira, o BC vai fazer um leilão de rolagem de swaps tradicionais de até 20 mil contratos com vencimento em 1º de fevereiro de 2017 e 1º de março de 2017 e também fará um novo leilão com até 10 mil contratos com as mesmas datas de vencimento.

A realização dos leilões será em horário diferente. O leilão de até 10 mil contratos ocorrerá entre 9h30 e 9h40, e o leilão de rolagem está programado para ocorrer entre 11h30 e 11h40.

Desde a última sexta-feira, o BC tem utilizado swaps tradicionais para tentar conter um avanço do dólar ante o real. De início, o BC anunciou apenas a rolagem de até 15 mil contratos, embora tenha realizado intervenções durante a sessão de sexta-feira, em momentos de forte alta do dólar..

A moeda norte-americana já acumula quatro altas consecutivas com os investidores ainda se desfazendo de posições de países emergentes, como o Brasil, após a vitória de Donald Trump à Presidência dos Estados Unidos.

Nesta segunda-feira, a moeda americana avançou 1,43 por cento, a 3,4408 reais na venda, maior valor desde 16 de junho (3,47 reais), e acumulou alta de 8,63 por cento nos últimos quatro pregões

O presidente do BC, Ilan Goldfajn, já afirmou que continuará atuando no mercado de câmbio, ressaltando que o estoque de swaps tradicionais é menor hoje em dia, o que dá "conforto" para a ação do BC. Disse ainda que o câmbio flutuante no Brasil é uma importante ferramenta e repetiu que o BC somente reduzirá o estoque de swaps tradicionais quando as condições de mercado permitirem.

(Por Luiz Guilherme Gerbelli)