Vendas no varejo da China devem atingir US$6,99 tri até 2020, diz Ministério de Comércio

quarta-feira, 16 de novembro de 2016 10:15 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - As vendas do varejo da China vão atingir cerca de 48 trilhões de iuanes (6,99 trilhões de dólares) até 2020, com um crescimento anual médio de 10 por cento, disse o Ministério do Comércio do país nesta quarta-feira.

O volume do comércio eletrônico também deverá crescer a uma taxa média anual de cerca de 15 por cento entre 2016 e 2020, de acordo com um plano quinquenal para o comércio doméstico publicado no site do ministério.

Pequim se comprometeu a tornar a economia mais dependente do consumo do que das exportações, bem como cortar o excesso de capacidade nos setores industriais, em meio à debilitada demanda externa.

O plano estabeleceu nove "tarefas principais" para atingir os objetivos de crescimento, como modernizar setores tradicionais como a agricultura.

O consumo doméstico contribuirá de forma mais significativa para o crescimento econômico da China entre 2016 e 2020, disse o Ministério do Comércio em comunicado.

As vendas totais do varejo da China totalizaram 30,1 trilhões de iuanes (4,3 trilhões de dólares) até 2015, com uma taxa média de crescimento para o período entre 2011 e 2015 de 13,8 por cento, disse o ministério.

(Por Yawen Chen)