Yellen diz que Fed pode elevar juros "relativamente em breve"

quinta-feira, 17 de novembro de 2016 12:29 BRST
 

WASHINGTON (Reuters) - O Federal Reserve pode elevar a taxa de juros "relativamente em breve" se os dados econômicos continuarem indicando melhora do mercado de trabalho e inflação em alta, afirmou nesta quinta-feira a chair do banco central norte-americano, Janet Yellen, em uma clara indicação de que o Fed pode agir no próximo mês.

Yellen afirmou que as autoridades do Fed julgaram ao se reunir neste mês que as justificadas para um aumento dos juros se fortaleceram.

"Tal alta pode muito bem se tornar apropriada relativamente em breve", disse Yellen em declarações preparadas, nos primeiros comentários públicos desde que os EUA elegeram o republicano Donald Trump para a Presidência do país.

Yellen, que fará o discurso a legisladores nesta quinta-feira às 13:00 (horário de Brasília), afirmou que a economia aparenta estar no caminho de crescer moderadamente, o que pode levar ao pleno emprego e elevar a inflação na direção da meta do Fed de 2 por cento.

Ela disse que a atual política monetária está estimulando a produção econômica, mas que a economia ainda tem "um pouco mais a avançar".

Yellen ainda destacou que, neste ponto, sente que há apenas um pequeno risco de o Fed estar atrás da curva de inflação, justificando apenas um aumento gradual nos juros.

(Reportagem de Jason Lange e Howard Schneider)

 
Chair do banco central norte-americano, Janet Yellen.    14/11/2016                    REUTERS/Mary Schwalm