Ata do BCE indica com força uma decisão em dezembro sobre compras de ativos

quinta-feira, 17 de novembro de 2016 11:20 BRST
 

FRANKFURT (Reuters) - Os membros do Banco Central Europeu concordaram na reunião do mês passado com a necessidade de manter o estímulo monetário sem precedentes e decidir em dezembro se prorrogarão as compras de ativos do BCE de 1,74 trilhão de euros.

O núcleo da inflação ainda não apresenta uma tendência de alta convincente e o crescimento dos salários tem sido inesperadamente fraco, mas a economia da zona do euro está se desenvolvendo na trajetória vista mais cedo, e portanto é prematuro tomar uma decisão para qualquer que seja o lado, mostrou a ata da reunião de 20 de outubro.

"É imperativo permanecer plenamente comprometido em preservar o alto grau de acomodação monetária, que é necessária para assegurar uma convergência sustentada da inflação para níveis abaixo mas próximos de 2 por cento", disse o BCE na ata.

Embora a expectativa ainda seja de que o BCE vai prorrogar a compra mensal de ativos de 80 bilhões de euros por mês para além do prazo de março, o aumento acentuado dos rendimentos e o fortalecimento do dólar desde a eleição presidencial norte-americanas neste mês podem complicar o debate.

O BCE deve estar preocupado com os rendimentos mais elevados, particularmente na periferia do bloco, mas o euro mais fraco contribui para a inflação e o aumento dos preços das ações também sugere que os investidores apostam em um crescimento mais forte.

(Por Balazs Koranyi)