BNDES prorroga acesso a dados da elétrica Celg-D antes de leilão de privatização

quinta-feira, 17 de novembro de 2016 12:01 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O prazo para que eventuais interessados acessem a sala com informações sobre a distribuidora de energia Celg-D antes do leilão de privatização da companhia, controlada pela estatal Eletrobras, foi prorrogado para 23 de novembro, informou nesta quinta-feira o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O prazo anterior para fechamento da sala de informações era 17 de novembro. O BNDES, que tem participado do processo de privatização, informou que os demais prazos do cronograma da licitação estão mantidos. A sessão pública do leilão está prevista para 30 de novembro na BM&FBovespa, em São Paulo.

(Por Luciano Costa)