Índices dos EUA recuam com queda no setor de saúde

sexta-feira, 18 de novembro de 2016 20:20 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos caíram nesta sexta-feira, com ações de saúde liderando as quedas, enquanto investidores lucravam com o rali pós-eleições e aguardavam por clareza sobre as políticas da próxima administração.

O índice Dow Jones recuou 0,19 por cento, para 18.867 pontos, enquanto o S&P 500 recuou 0,24 por cento, para 2.181 pontos. O Nasdaq Composite teve queda de 0,23 por cento, para 5.321 pontos, após ter atingido recorde de 5.346 pontos.

Na semana, o Dow avançou 0,1 por cento, o S&P 500 subiu 0,8 por cento e o Nasdaq teve alta de 1,6 por cento.

As ações em Wall Street recuaram nesta sexta-feira depois de terem subido dramaticamente após a surpreendente vitória de Donald Trump na eleição presidencial na semana passada.

Seis dos 11 principais setores do S&P 500 fecharam em baixa. As perdas nos papéis da Allergan Plc e da Merck foram as maiores quedas no setor de saúde do S&P. O índice de saúde reduziu sua alta depois da eleição, mas ainda está 1,8 por cento acima do nível de 8 de novembro, mesmo depois da queda de 1,2 por cento desta sexta-feira.

Embora os três principais índices tenham encerrado em alta pela segunda semana consecutiva, a alta perdeu força esta semana, com os investidores aguardando mais informações para sustentar suas apostas de que Trump pode ser bem-sucedido na aprovação de propostas para impulsionar os investimentos em infraestrutura e redução de impostos.

(Por Tanya Agrawal e Anya George Tharakan)