Crescimento da Alemanha vai acelerar significativamente no 4° tri, diz banco central

segunda-feira, 21 de novembro de 2016 10:03 BRST
 

FRANKFURT (Reuters) - A indústria deve comandar a recuperação do crescimento econômico na Alemanha no quarto trimestre, informou o banco central alemão em um relatório mensal nesta segunda-feira.

Com a confiança melhorando e as novas encomendas aumentando, o crescimento do emprego deverá continuar, impulsionando a maior economia da zona do euro após vários trimestres relativamente modestos, disse o Bundesbank.

"No último trimestre de 2016, o crescimento na economia da Alemanha provavelmente será significativamente mais forte após a desaceleração temporária no verão (no hemisfério norte)", acrescentou.

"A confiança na economia tem melhorado consideravelmente. Este é particularmente o caso da indústria, onde a utilização da capacidade continua a se elevar significativamente e as novas encomendas crescem."

O crescimento alemão desacelerou para 0,2 por cento no terceiro trimestre contra 0,4 por cento no período anterior e 0,7 por cento no primeiro trimestre.

O Bundesbank está otimista, porém, afirmando que as bases do crescimento permanecem intactas.

O governo elevou a previsão de crescimento de 2016 para 1,8 por cento, ante 1,7 por cento anteriormente, projetando a taxa de expansão mais forte em cinco anos, com o consumo robusto e o aumento dos gastos com refugiados.

Mas o crescimento irá desacelerar para 1,4 por cento no próximo ano, prevê o governo, refletindo em parte o comércio mundial mais fraco e as esperadas consequências do Brexit.

(Por Balazs Koranyi)