Preços da gasolina e diesel têm leve queda semanal no país; etanol fica estável

segunda-feira, 21 de novembro de 2016 11:44 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - Os preços médios da gasolina e do diesel vendidos nos postos do Brasil tiveram ligeira queda na última semana na comparação com o período anterior, enquanto o etanol hidratado ficou praticamente estável, apontou pesquisa da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A gasolina vendida na bomba ficou 0,16 por cento mais barata, com uma média nacional de 3,675 reais/litro, e o preço do diesel recuou 0,33 por cento, para 2,995 reais/litro. Os percentuais de queda são ainda mínimos na comparação com as reduções de preços praticadas pela Petrobras em suas refinarias desde meados de outubro.

Na semana de 6 a 12 de novembro, os preços de ambos combustíveis havia subido, com uma alta semanal de 0,74 por cento na gasolina, apesar da redução nas refinarias.

A Petrobras disse anteriormente que o impacto do reajuste no preço final ao consumidor depende de decisões de postos de combustíveis e distribuidoras --a redução do preço do diesel, nas refinarias, foi de mais de 10 por cento desde meados de outubro, um índice que está longe de ser visto nos postos.

Os preços dos combustíveis fósseis nas refinarias estão sujeitos a alterações mais frequentes, com a nova política de preços da Petrobras anunciada em outubro, que tenderá a repassar movimentos de cotações do petróleo e câmbio, por exemplo.

Visando dar mais transparência ao mercado, a companhia prevê avaliações de preços pelo menos uma vez por mês.

No caso do etanol hidratado, os preços ficaram praticamente estáveis entre 13 e 19 de novembro (2,815 reais/litro), na comparação com a semana anterior (2,814 reais/litro).

(Por Roberto Samora)