Principais índices de Wall St. atingem máximas recordes em rali após eleição

segunda-feira, 21 de novembro de 2016 20:10 BRST
 

(Reuters) - Os três principais índices de ações dos Estados Unidos atingiram máximas recordes nesta segunda-feira, ampliando o rali após a eleição norte-americana, com destaque para ações de energia e commodities e o Facebook liderando dando salto em tecnologia.

Small caps se somaram aos recentes ganhos, levando o índice Russell 2000 a fechar em máxima recorde. A sessão marcou a primeira vez que todos os índices atingiram máximas recordes desde 31 de dezembro de 1999.

As ações têm subido desde a eleição de 8 de novembro, com investidores comprando ações de bancos, da área de saúde e de outros setores, que devem se beneficiar com as políticas do presidente eleito, Donald Trump.

O índice de energia subiu 2,2 por cento, liderando os ganhos dentre os principais índices do S&P, com o preço do petróleo subindo 3,9 por cento. As esperanças de que a Opep concordará com um corte de produção na semana que vem elevaram os preços da commodity. O índice de matérias-primas do S&P teve alta de 1,3 por cento.

O Dow Jones subiu 0,47 por cento, a 18.956 pontos, enquanto o S&P 500 subiu 0,75 por cento, a 2.198 pontos e o Nasdaq avançou 0,89 por cento, a 5.368 pontos.

(Por Caroline Valetkevitch; reportagem de Yashaswini Swamynathan)