Comércio de SP tem estoques em níveis adequados em novembro, diz FecomercioSP

terça-feira, 22 de novembro de 2016 10:47 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - Os estoques no comércio varejista da Região Metropolitana de São Paulo estão em níveis adequados em novembro, segundo índice divulgado pela FecomercioSP nesta terça-feira, notícia considerada positiva pela entidade dada a proximidade do Natal.

O indicador de adequação dos estoques subiu 2,7 por cento em novembro ante outubro, para 102,1 pontos. Na comparação anual houve alta de 7,9 por cento, disse a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

O Índice de Estoques (IE) capta a percepção dos comerciantes sobre o volume de mercadorias estocadas nas lojas e varia de zero (inadequação total) a 200 pontos (adequação total). A marca dos cem pontos é o limite entre inadequação e adequação.

"Se bem geridos os setores de compras das lojas, o Natal será um excelente momento para ajustar definitivamente os estoques em excesso", disse a FecomercioSP em nota à imprensa.

"Provavelmente o Natal deste ano será melhor do que em 2015, porém os empresários devem usar essa perspectiva sem exageros, sob risco de terem produtos de sobra para as liquidações de janeiro."

Segundo a entidade, o crescimento do IE é resultado da diminuição da proporção de empresários com estoques acima do adequado, que passou de 37 por cento em outubro para 35,6 por cento em novembro. Na base anual, caiu 2,2 ponto percentual.

A parcela de comerciantes com estoques abaixo do adequado ficou estável na comparação mensal, em 13,3 por cento, mas recuou 1,6 ponto em relação ao mesmo mês de 2015.

A fatia de empresários que consideram seus estoques adequados subiu 1,4 ponto em novembro ante outubro, para 51 por cento. Um ano antes, essa proporção era de 47,2 por cento um ano antes.

(Por Paula Arend Laier)