CORREÇÃO-Comgás pede registro para emitir R$500 mi em debêntures

terça-feira, 22 de novembro de 2016 13:47 BRST
 

(Corrige informação no último parágrafo para esclarecer que a emissão em 2015 foi retomada e concluída após ter sido suspensa)

SÃO PAULO (Reuters) - A Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) protocolou na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) um pedido de registro para levantar 500 milhões de reais em debêntures.

O plano da captação, que será coordenada por Itaú BBA, Bradesco BBI, BB Investimentos, Santander Brasil e XP Investimentos, tinha sido anunciado pela empresa em outubro.

As debêntures, não conversíveis em ações, têm prazo de sete anos. O lote pode ser ampliado para até 600 milhões de reais, caso haja excesso de demanda, informou a companhia no prospecto preliminar da oferta.

A Comgás pretende usar os recursos da captação para concluir projetos de investimento.

No ano passado, a companhia realizou uma operação semelhante de debêntures de infraestrutura, papéis que contam com isenção de imposto de renda para pessoas físicas e investidores estrangeiros. A operação chegou a ser interrompida em meio à piora nas condições de mercado, mas foi retomada e concluída em dezembro, com a empresa captando cerca de 591,9 milhões de reais.

(Por Aluisio Alves)