Secretaria vê dumping em exportações de aço plano ao Brasil, mas pede mais informações

terça-feira, 22 de novembro de 2016 15:28 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Secretaria de Comércio Exterior decidiu que exportações de aços laminados a quente para o Brasil feitas pela Rússia e pela China podem ser caracterizadas como dumping, mas pediu mais informações sobre o impacto à economia doméstica antes de impor sobrebretaxas.

Em nota publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira, a Secex "concluiu por uma determinação preliminar positiva de dumping e de dano à indústria doméstica dele decorrente, sem recomendação de aplicação de direito provisório".

O caso foi aberto após queixa feita em abril deste ano pelas siderúrgicas ArcelorMittal Brasil, Companhia Siderúrgica Nacional e Gerdau sobre exportações de "produtos laminados planos, de aço ligado ou não ligado, de largura igual ou superior a 600 milímetros, laminados a quente" em chapas ou bobinas.

A investigação foi aberta em julho deste ano. Laminados planos a quente de aço costumam ser utilizados em uma série de aplicações na indústria, desde autopeças e máquinas e equipamentos a vagões ferroviários e oleodutos.

Segundo a nota da Secex, "a despeito de haver determinação preliminar positiva de dumping, de dano à indústria doméstica (...) recomenda-se o seguimento da investigação, sem aplicação de direito provisório, para melhor averiguação das informações fornecidas pelas partes interessadas".

A China é origem de 53 por cento das importações brasileiras de laminados a quente no acumulado do ano desde janeiro, com um volume de 65 mil toneladas, seguida pela Rússia, com participação de 35 por cento, a 43,4 mil toneladas, segundo dados do Instituto Nacional dos distribuidores de Aço (Inda).

No total das importações de aços planos, a China lidera com 60,5 por cento de participação e volume de 311,7 mil toneladas, seguida pela Coreia do Sul, com 10 por cento, e Rússia, com 8 por cento.

Para mais informações sobre a decisão de Secex, consulte:

here

(Por Alberto Alerigi Jr.)