Alta nas ações de recursos básicos ajuda índices europeus

terça-feira, 22 de novembro de 2016 16:20 BRST
 

LONDRES (Reuters) - As ações européias de mineração subiram mais de 3 por cento na terça-feira, sustentando o índice de referência da STOXX 600, com o comércio mundial esperando por aumento da inflação na esteira da vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

O índice pan-europeu STOXX 600 terminou em alta de 0,23 por cento depois de subir para seu maior nível desde 10 de novembro. O índice estendeu os ganhos do dia anterior, de 0,25 por cento, e refletiu a alta de Wall Street.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 fechou em alta de 0,13 por cento.

O índice de recursos básicos, que dobrou em relação o patamar mínimo de janeiro, registrou o melhor desempenho da sessão. Ele subiu 3,44 por cento após os preços dos principais metais industriais, como cobre e alumínio, aumentarem.

As ações da Anglo American, da BHP Billiton, da Antofagasta e da Glencore subiram de 3 por cento a 7,6 por cento. O índice STOXX Europe 600 de bancos subiu 1,04 por cento, com a terceira maior alta setorial.

As ações foram impulsionadas pelas promessas eleitorais de Trump de aumentar o investimento em projetos de infraestrutura e trabalhar em um programa de estímulo fiscal. No entanto, a falta de detalhes da política levou os investidores a permanecer cautelosos.

"A incerteza política nos Estados Unidos diminuiu substancialmente, embora ainda não conheçamos o formato da política de Trump e as nomeações do governo", disse o diretor-gerente da B Capital Wealth Management, Lorne Baring.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,62 por cento, a 6.819 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,27 por cento, a 10.713 pontos.   Continuação...