Bolsas nos EUA fecham em nível recorde de alta e Dow supera os 19 mil pontos

terça-feira, 22 de novembro de 2016 20:16 BRST
 

NOVA YORK (Reuters) - Os índices acionários norte-americanos ampliaram seu rali pós-eleição presidencial dos Estados Unidos nesta terça-feira, com ganhos moderados que impulsionaram o Dow a superar os 19 mil pontos pela primeira vez e os três principais índices a fechar em níveis recordes pelo segundo dia consecutivo.

O S&P 500 encerrou acima dos 2,2 mil pontos, liderado por ganhos em telecomunicações, com alta de 2,1 por cento, e de bens de consumo discricionários, com alta de 1,2 por cento. O índice small-cap Russell 2000 também fechou em outra máxima recorde.

As ações, em sua maioria, subiram desde a eleição de 8 de novembro. Investidores veem as promessas do presidente eleito, Donald Trump, de cortar impostos, aumentar os investimentos em infraestrutura e reduzir a regulamentação como benéficas para certos setores, incluindo bancos, matérias-primas e saúde.

O índice Dow Jones encerrou em alta de 0,35 por cento, para 19.023 pontos, o S&P 500 avançou 0,22 por cento, para 2.202 pontos e o Nasdaq Composite subiu 0,33 por cento, para 5.386 pontos.

No ano, o Dow acumula alta de 9,2 por cento e o S&P 500, de 7,8 por cento.

O estrategista-chefe da Boston Private Wealth, Robert Pavlik, disse que o rali que começou com as ações financeiras e de matérias-primas logo após a eleição está começando a se espalhar para outras áreas.

"Estamos vendo alguma força nos gráficos. Isto é um sinal saudável e indica para mim que estamos em um mercado altista", disse.

(Por Caroline Valetkevitch)