Dólar tem leves oscilações ante o real em dia de feriado nos EUA e sem BC

quinta-feira, 24 de novembro de 2016 10:19 BRST
 

Por Claudia Violante

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar registrava leves oscilações ante o real nesta quinta-feira, em sessão que promete ser de baixa liquidez devido ao feriado de Ação de Graças, que mantém os mercados financeiros fechados nos Estados Unidos.

Como na véspera, O Banco Central brasileiro não anunciou qualquer intervenção no mercado de câmbio brasileiro para este pregão, pelo menos por enquanto.

Às 10:17, o dólar avançava 0,12 por cento, a 3,3981 reais na venda, após ter subido 1,12 por cento no pregão passado. O dólar futuro era negociado praticamente estável.

"Na ausência de novidades e com os Estados Unidos fechados, é natural ter correção para os emergentes, mesmo com o silêncio do BC", comentou o operador da corretora H.Commcor, Cleber Alessie Machado.

Com as praças financeiras norte-americanas fechadas, a tendência é de que o volume de operações fique restrito, com investidores evitando assumir posições sem a principal referência. No exterior, o dólar também oscilava entre leves altas e baixas sobre moedas de países emergentes.

Os mercados têm enfrentado momentos de turbulências após a eleição de Donald Trump como presidente dos Estados Unidos, que alimentou aversão ao risco com temores de que sua política econômica pode ser inflacionária e pressionar o Federal Reserve, banco central norte-americano, a elevar ainda mais os juros na maior economia do mundo.

Com isso, o BC brasileiro chegou a atuar fortemente no mercado de câmbio mas, como nos últimos dias houve mais calmaria, parou a sua ação.

"Ele (BC) fez o que queria, que era acabar com a especulação com o swap tradicional de dezembro e, a não ser que haja excesso de e estresse de alta, ele não deve antecipar a rolagem de janeiro", acredita Machado.   Continuação...