Confiança da construção do Brasil recua em novembro após 4 meses de alta, diz FGV

sexta-feira, 25 de novembro de 2016 08:37 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança da Construção (ICST) brasileira recuou em novembro após quatro altas consecutivas diante da piora das expectativas, de acordo com os dados da Fundação Getulio Vargas (FGV) divulgados nesta sexta-feira.

O ICST caiu 2,3 pontos em novembro e foi a 72,4 pontos, com recuo de 3,9 pontos no Índice de Expectativas (IE), para 81,5 pontos. O Índice da Situação Atual caiu 0,7 ponto, para 63,8 pontos.

"Nos últimos meses, o anúncio de retomada de obras contribuiu para a redução do pessimismo empresarial. No entanto, o nível de atividade ainda fraco gerou uma correção das expectativas do setor em novembro", explicou em nota Ana Maria Castelo, coordenadora de Projetos da Construção da FGV/IBRE.

"A queda da confiança não significa a inversão do ciclo, mas mostra que o caminho a percorrer ainda é longo", completou ela

Por sua vez, o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC-M) repetiu em novembro a alta de 0,17 por cento vista no mês anterior, informou a FGV em nota separada.

(Por Thaís Freitas)